GP Investimentos

 Forma correta de calcular o Valor Patrimonial por Ação

Segundo o Balanço do 3T20 a GP tem um patrimônio líquido de R$ 2.216.738.000,00 (ou seja, mais de 2 bilhões), qualquer um poderia pensar que para se obter o VPA (Valor Patrimonial por Ação) bastaria dividir este valor pela quantidade de ações (109.725.820) o que resulta em R$ 20,20 por ação.

A fórmula está certa, o patrimônio líquido não! a GP é gestora e ao mesmo tempo cotista em alguns fundos de investimento, ao mesmo tempo, detém participação em algumas empresas juntamente com outros sócios, por exemplo, a GP é controladora da Spice (com 58% das ações), neste sentido, ela deve contabilizar a Spice por seu valor contábil, ou seja, contabilizar os investimentos dentro do balanço da Spice como se fosse controladora de 100%, o que não é verdadeiro. Em decorrência disso, um pequeno ajuste deve ser feito no balanço da GP, que é uma conta redutora do patrimônio líquido chamada de “Participação dos Acionistas Não Controladores”, segundo a NBC TSP 6 essa conta se refere a: “aquela parte do resultado e do patrimônio líquido de uma controlada que pode ser atribuída a participações no patrimônio líquido que não sejam possuídas pela controladora, nem direta nem indiretamente através de outras entidades controladas.

Neste caso, a forma correta de calcular o VPA da GP Investimentos é, subtrair do patrimônio líquido a participação dos acionistas não controladores, e então dividir pelo número de ações que consta na pagina 1 do balanço correspondente.

VPA GPIV33 3T20
Patrimônio Líquido 2.216.738.000
(-) Participação dos Não Controladores 895.500.000
(=) Resultado 1.321.238.000
(/) Quantidade de ações 109.745.820
VPA 12,03

Segue também alguns vídeos sobre a GP investimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *